Início da carreira de tradutor audiovisual e o mercado de mostras e festivais

Há 20 anos como tradutor audiovisual de Mostras e Festivais de Cinema no Brasil, o professor César Alarcón está entre as principais referências deste mercado. Em um bate-papo descontraído com a CULT, o peruano, radicado no Rio de Janeiro desde 2000, conta como foi o início da carreira e, durante esta primeira parte da entrevista, explica como funciona o mercado e a necessidade de formar novos profissionais, sobretudo com o aquecimento do setor on-line.

 

Nesta sequência da conversa, o professor comenta como é o processo de tradução audiovisual, a importância da formação do profissional e a necessidade da interação homem-máquina no desenvolvimento de projetos de legendagens, além de sugerir opções de softwares gratuitos de excelente qualidade para inserção de legendas.

 

Desafios do tradutor audiovisual

Quais serão alguns dos desafios para o profissional que traduz para legendas? Alarcón aponta alguns, como prazo e remuneração.

 

Importância de conhecer as regras da legendagem

Alarcón explica ainda a necessidade de conhecer o básico dos padrões de legendagem das principais plataformas de streaming, como Netflix, Amazon, Disney e Globo Play, a fim de aumentar as chances para buscar oportunidades neste setor de audiovisual que não para de crescer mundo afora.

 

Necessidade de profissionais para atender ao público de surdos e ensurdecidos

Outra especialidade de Alarcón é a legendagem para surdos e ensurdecidos. O professor faz um panorama e diz que o mercado não se limita ao cinema, TV e streaming, pois existe legislação que garante a acessibilidade desse público para diversos eventos, como teatro. O especialista destaca que o tradutor de legenda não deve ser confundido com o intérprete de Libras (Linguagem Brasileira de Sinais), já que exercem funções distintas, ainda que complementares. De acordo com o IBGE, atualmente há aproximadamente 9,7 milhões de pessoas com deficiência auditiva no Brasil, equivalente a 5,1% da população.

Um comentário em “Bate-papo sobre Tradução Audiovisual com César Alarcón”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *