Nos dias 27 e 28 de abril de 2019 teremos o TRADUSHOW, um evento que reúne tradutores, empresas, e a universidade!

É uma ótima oportunidade para quem deseja ficar atualizado no mercado de tradução, dublagem e legendagem e ainda conhecer gente nova e interessante.

Este ano contamos com muitas palestras interessantes, que vão desde o uso de Corpus na tradução até a gerência de projetos numa grande empresa, passando pela tradução literária, legendagem, dublagem e muito mais!
Veja a seguir um pouco sobre o que cada palestra abrangerá:

A Legendagem na Tradução Audiovisual – Participe da Legenda Simultânea nas Mostras e Festivais de Cinema, com o professor César Alarcón da pós-graduação de tradução em inglês e espanhol na Pós Estácio. Na palestra, o professor apresenta a Legenda Simultânea e fala mais sobre como trabalhar nas principais Mostras e Festivais de Cinema em São Paulo e no Brasil. De acordo com ele, “é muito importante se profissionalizar na Tradução Audiovisual para atuar no mercado de tradução de filmes”.

Preparação de textos: uma desconhecida essencial, com a professora Laura Folgueira pós-graduação de tradução em inglês e espanhol na Pós Estácio!

Aqui, a professora abordará os processos pelos quais a tradução passa antes de chegar ao livro impresso, explicando a importância da qualificação do profissional responsável por cada etapa. De acordo com ela, “Um dos problemas para o trabalho com livros traduzidos é que alguns preparadores não têm conhecimento de tradução – e, assim, a preparação feita por um tradutor pode ser um diferencial”.

Gestão de projetos, com a Gerente de Projetos Glaucia Quadros, da empresa Lionbridge. A Glaucia vai apresentar os processos pelos quais o projeto passa, desde sua chegada na empresa até sua entrega para o cliente, num passo a passo do projeto de tradução.

Além das CAT Tools, com o tradutor Danilo Nogueira. O Danilo é um dos tradutores brasileiros mais experientes, que vai compartilhar conosco dicas e ferramentas de softwares muito úteis para tradutores, a maioria delas gratuitas!

Os desafios da tradução de videogames, com o professor Michel Teixeira da pós-graduação de tradução em inglês e espanhol na Pós Estácio. Na sua palestra, Michel vai comentar sobre a tradução de videogames no cenário brasileiro e quais os desafios que encontramos ao entrarmos nesse mundo fascinante dos games.

Linguística de corpus e tradução, com a professora Doutora Simone Resende, que também faz parte do corpo docente da Pós Estácio nos cursos de tradução. A professora Doutora explicará o que são Corpora, para quê servem e como eles podem ajudar os tradutores no dia a dia.

Do macro ao micro: uma jornada pelo universo da tradução, com William Cassemiro, diretor e fundador da Translators101, antigo diretor da ABRATES. Nessa palestra vamos viajar no tempo e ver onde o tradutor está inserido no universo da tradução me quais outras habilidades um tradutor tem que ter.

Como lidar com um projeto de tradução no memoQ, com a vice-diretora da ABRATES Val Ivonica. Na palestra, ela mostra como usar a ferramenta no dia a dia e como isso pode facilitar a vida do tradutor! De acordo com ela, “Uma CAT Tool só melhora e aprimora o trabalho, possibilitando coesão, homogeneidade de termos, rapidez e melhora nos processos de tradução e revisão”.

Os desafios da tradução para dublagem no Brasil, com a professora da pós-graduação Dilma Machado da Pós Estácio. A professora vai explicar um pouco sobre a dublagem no Brasil, apresentará um pouco das dificuldades enfrentadas pelos profissionais da área, comentará modelos de layouts usados por agências de dublagens reais e mostrará alguns de seus trabalhos, que vão desde desenhos animados a séries conhecidas no mundo todo!

Black translation: literatura, representatividade e tradução, com o também professor da Pós Estácio Petê Rissatti. O Petê vai conversar um pouco sobre autores negros traduzidos e tradutores negros traduzindo. Durante a palestra, discutiremos a representatividade nas editoras, as diferentes histórias e vivências que têm surgido no mercado nacional, o afrofuturismo e outras manifestações literárias com foco na realidade negra. Também serão abordados alguns casos de traduções de autores negros.

Além de todas essas palestras incríveis, teremos duas mesas de debates, uma com o Ponte de Letras, equipe composta por Carolina Coelho, Débora Isidoro, Flávia Souto Maior e Petê Rissatti, onde conversaremos mais sobre tradução literária e seus desafios; e outra mesa conversando sobre o Controle de Qualidade de Projetos, onde teremos o ponto de vista de duas empresas: A Lionbridge, que é uma empresa internacional e a Express Comunicações, uma empresa nacional; duas tradutoras autônomas: a Kelli Semolini e a Paula Ianelli e o diretor da ABRATES, Ricardo Souza, que comentará as novas normas ISO para o mercado de tradução.

O evento será gratuito e presencial em São Paulo, nos dias 27 e 28 de abril de 2019, das 9h às 18h na Pós Estácio unidade Bela Vista, à Rua Treze de Maio, 681. Posteriormente será disponibilizado por vídeo para os inscritos na modalidade EAD.

Faça sua inscrição no site http://cursos.posestacio.com.br/tradushow_2019 e garanta já sua vaga, elas são limitadíssimas!